Esquistossomose

Saiba mais sobre esta doença, sintomas, vermes e parasitas causadores, ciclo evolutivo da doença, tratamento e cura

Parasita Shistosoma: causador da doença
Parasita Shistosoma: causador da doença

 

O que é - definição

 

A esquistossomose, também conhecida como bilharzíase, é uma doença provocada por parasitas humanos, os trematódeos, do gênero Schistosoma.

 

Causadores da doença 

 

Existem três tipos de vermes: Schistosoma haematobium, que causa a esquistossomose vesical, existente na África, Austrália, Ásia e Sul da Europa; o Schistosoma japonicum (provoca a doença de katayama) encontrado na China, Japão, Filipinas e Formosa e, ainda, o Schistosoma Mansoni, responsável pela causa da esquistossomose intestinal; este último é encontrado na América Central, Índia, Antilhas e Brasil.

 

Resumo do ciclo evolutivo 

 

O ciclo evolutivo deste parasita passa por duas fases: 1ª) desenvolvimento da larva após esta penetrar em alguns tipos de moluscos que vivem em lugares úmidos; 2ª) ocorre em seguida ao abandono desses hospedeiros, que, livres podem penetrar no homem através da pele. A penetração ocorre em lugares úmidos, como, por exemplo, córregos, lagoas, riachos, etc.

 

Quando este parasita começa a habitar no interior do hospedeiro definitivo, ele pode se fixar no fígado, na vesícula, no intestino ou bexiga do homem, causando, desta forma, vários problemas nos órgãos. 

 

Sintomas 

 

Os sintomas mais comuns da esquistossomose são: diarreia, febres, cólicas, dores de cabeça, náuseas, tonturas, sonolência, emagrecimento, endurecimento e o aumento de volume do fígado e hemorragias que causam vômitos e fezes escurecidos. Ao surgir estes sintomas, o indivíduo precisa procurar imediatamente um atendimento médico para que todos os procedimentos necessários sejam tomados. Assim como em qualquer outro problema de saúde, a automedicação não deve ser adotada pelo doente.

 

As crianças são as mais atingidas por este parasita, pois elas são mais vulneráveis por brincarem em locais úmidos sem saber que lá podem estar estes parasitas a espera de um hospedeiro. Já os adultos comumente se protegem com o uso de botas de borracha.

 

Combate 

 

O combate a esta doença passa necessariamente por medidas de saneamento básico. Águas e sistemas de esgoto devem ter sempre as águas tratadas. Os caramujos, hospedeiros intermediários do parasita, devem ser eliminados. Ao entrar em águas paradas ou sujas, deve haver uma proteção nos pés com botas de borracha.

 

IMPORTANTE: as informações contidas nesta página servem apenas como fonte para pesquisas e trabalhos escolares. Portanto, não devem ser utilizadas para fins de orientação médica. Para tanto, procure um médico para receber orientações e o devido tratamento.

 

 

Última revisão: 28/09/2019
___________________________________

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduanda em Ciências Biológicas pela Universidade Metodista de São Paulo.



Esquistossomose Temas Relacionados
Bibliografia Indicada:

 

Esquistossomose Mansônica

Autor: Cordeiro, Fernando T. M.

Editora: UFPE

Temas: Medicina, Saúde

 

Schistosoma Mansoni

Autor: Carvalho, Omar dos Santos e outros

Editora: Fiocruz

Temas: Medicina, Saúde

 

 

Veja Também
GALERIA DE IMAGENS Tartaruga marinha: exemplo de réptil
PERGUNTAS E RESPOSTASPerguntas e respostas de diversos temas e áreas da Biologia.ver
PESQUISADORESSaiba mais sobre a biografia dos grandes pesquisadores que revolucionaram o mundo da ciência. As grandes...ver
SaúdeInformações e resumos sobre temas relacionados à saúde humana, alimentação, doenças, dicas para levar uma...ver
Dicionário de BiologiaSaiba o significado de várias palavras relacionadas ao estudo de Biologia, definições importantesver