Mutação Genética

Definição biológica, exemplos, importância para a evolução, como ocorre e curiosidade

Urso polar: várias mutações ao longo da evolução
Urso polar: várias mutações ao longo da evolução

 

O que é – definição biológica

 

A mutação genética é uma modificação, que ocorre na estrutura do DNA, durante o seu processo de replicação.

 

Essa mutação ocorre ao acaso e pode fazer surgir novas características, principalmente físicas e metabólicas, nos animais (inclusive nos seres humanos). Essas mudanças (DNA com sua estrutura modificada) são passadas para as gerações seguintes (hereditariedade).

 

As mutações genéticas não ocorrem com frequência e nem rapidamente. Podem levar muitas gerações para ocorrerem.

 

Importância das mutações genéticas para a evolução das espécies

 

A mutação é um importante fator para a evolução das populações, pois permitem, muitas vezes, modificações para que um animal possa se adaptar melhor ao ambiente em que vive. Essas modificações podem gerar animais mais resistentes, hábeis ou com características que facilitam a caçar presas ou a fugir de predadores.

 

Exemplo: o urso polar

 

O urso polar tem pelagem branca, pois passou por mutação genética. Uma espécie de urso original, provavelmente de cor escura, deve ter passado, há muito tempo, por mutação na estrutura de DNA. Essa mutação gerou a pelagem branca, facilitando a esses ursos brancos se adaptarem melhor ao clima polar, que possui neve em grande parte do ano. A cor branca facilita ao urso polar o “disfarce” para poder caçar suas presas. Esse é um exemplo de como a mutação genética facilitou a evolução e preservação da espécie.

 

Esse mesmo animal também passou por mutações genéticas, ao longo de sua evolução, que geraram mudanças em seu sistema cardiovascular. Essas mudanças possibilitaram ao urso polar acumular muita gordura no corpo, sem que isso cause doenças no coração. Essas mutações deram ao urso polar a capacidade de metabolizar grande quantidade de gordura.

 

Curiosidade biológica

 

- O daltonismo (distúrbio hereditário em que o individuo não consegue diferenciar as cores verde e vermelha) é causado por uma mutação genética no cromossomo X dos seres humanos.


Foto de coelhos de cores diferentes

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Coelhos: surgimento de cores de pelos diferentes ocorreu pelo processo de mutação genética.


 

 

Artigo publicado em: 28/01/2020
___________________________________

Por Elaine Barbosa de Souza
Graduanda em Ciências Biológicas pela Universidade Metodista de São Paulo.



Mutação Genética Temas Relacionados
Bibliografia Indicada:

 

Genética - o estudo da hereditariedade

Autor: Graham, Ian

Editora: Melhoramentos

Ano: 2002

Temas do livro: Biologia, Genética, Hereditariedade

Veja Também
GALERIA DE IMAGENS Tartaruga marinha: exemplo de réptil
PERGUNTAS E RESPOSTASPerguntas e respostas de diversos temas e áreas da Biologia.ver
PESQUISADORESSaiba mais sobre a biografia dos grandes pesquisadores que revolucionaram o mundo da ciência. As grandes...ver
SaúdeInformações e resumos sobre temas relacionados à saúde humana, alimentação, doenças, dicas para levar uma...ver
Dicionário de BiologiaSaiba o significado de várias palavras relacionadas ao estudo de Biologia, definições importantesver